30.8.07

Pregações infernais

Nunca fui muito chegado ao inferno. Aliás, será que tem alguém que se interesse por ele? Sim, na verdade tem. É curioso, mas algumas pessoas possuem uma certa obsessão pelo inferno. Eu diria ser este tipo de coisa uma espécie de patologia psico-religiosa.

Já faz um tempo alguém veio me falar de um livro de autoria de uma evangélica, que trata exclusivamente do inferno. Surpreendi-me, questionei meu interlocutor e ele me contou que a autora fora “arrebatada” e conduzida por Deus até o inferno para que o conhecesse e o descrevesse às pessoas.

Segundo tal autora, o inferno teria o formato de um ser humano. Teria ela entrado na perna esquerda do inferno... Teria ela visto isto e aquilo mais... Teria... Teria... É tanta baboseira que me dá até desanimo de seguir com o texto.

O lance é o seguinte: duvido muito da saúde e equilíbrio espiritual de quem tem no inferno base de apoio para a pregação do Evangelho. Aliás, se alguém aceita alguma coisa com medo de outra, este alguém não se entregou de verdade a esta coisa, ela apenas está fugindo da outra. Sendo mais claro, se, em tese, alguém aceita Jesus para fugir do inferno, este alguém não estaria dando um passo em direção ao Reino de Deus, mas sim tentando escapar da condenação eterna.

Mas isso os religiosos de plantão não conseguem entender, e vivem a pregar a danação eterna. Ora, releia você as passagens nas quais Jesus faz menção ao inferno e verá que ele estava direcionando sua fala aos religiosos, àqueles que eram detentores do poder político-religioso e do conhecimento da escrituras sagradas, mas subjugavam as pessoas com doutrinas humanas.

Este não era o discurso de Jesus quando ele tratava com os pecadores. Jesus não apresentava o inferno àqueles que já experimentavam o inferno existencial. Ora, isso é o que precisa ser compreendido por nós. Quando se prega o Evangelho, se prega boas novas de redenção, isto é, uma boa notícia de livramento, paz e transformação de vida.

O grande problema é que o ensino religioso oferecido nas igrejas gera pessoas obcecadas por pregar e por mandar gente para o inferno. Vira e mexe tem alguém vociferando coisas do tipo “este vai para o inferno!” ou “fulano faleceu sem salvação, foi para o inferno!”.

Enxergam o inferno mais como um lugar do que como um estado de alma. Ora, será que quando a bíblia fala de inferno ela está mesmo se referindo a um lugar específico, com características específicas? Ou será que o que é tratado ali se parecesse muito mais com a alma do indivíduo sem Deus do que com um lugar de tormento por natureza?

Paulo fala que em Deus nós existimos, vivemos e nos movemos (1). Isso justamente pela Graça do sangue derramado na cruz; pois sendo o homem pecador, não há como ele permanecer existindo em Deus sem que haja uma espécie de "remédio" que permita isso: neste caso, o sacrifício de Jesus. Ou seja, não fosse o cordeiro imolado antes da fundação do mundo (2), o homem estaria fora de Deus, toda a humanidade teria sido aniquilada, pois, pense, não há nada fora de Deus.

Sendo assim, por que daremos tanta atenção àquilo que a palavra não tratou com especificidade? Por que nos fatigaremos a pregar aquilo que nem Jesus nem os discípulos fizeram centro de suas pregações?

O que sabemos com clareza é que Jesus se revelou a nós como o Caminho, a Verdade, e a Vida, e é isso que deve ser pregado aos necessitados, aos famintos e pobres deste mundo! Quanto ao inferno, deixemo-lo como signo de juízo aos líderes políticos inescrupulosos, religiosos estelionatários, mercenários da fé e todo tipo de gente que, tendo condições para fazer o bem à humanidade, decidiu fazer o mal e se beneficiar à custa do outro.
________________
1- Atos 17.28
2- Apocalipse 13.8

Um comentário:

vinicius disse...

ola!meu amigo,gostaria de te falar que o principal motivo que uma pessoa aceita a Jesus Cristo,e para ter a vida eterna com o nosso Senhor,a sua propia palavra diz:porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito para que todo aquele que Nele crer nao pereça mas tenha a vida eterna joao3:16
amém!

Related Posts with Thumbnails