31.10.07

Dia da Reforma - 490 anos depois

Pouca gente sabe mas hoje é comemorando (além do Halloween) o dia da Reforma. Há 490 anos atrás, o monge agostiniano Martinho Lutero contrapôs uma série de dogmas da Igreja Católica Apostólica Romana, com a intenção de aproximar a teologia e práxis da Igreja aos princípios bíblicos.

Muito tempo se passou e a igreja brasileira mal sabe de onde veio. Sua teologia é sincrética e sua práxis mais ainda, uma vez que é resultante da primeira. A absorção de elementos dos cultos afro-ameríndios é sinal evidente na grande parte dos cultos evangélicos. Os amuletos, as superstições e os modismos já são uma constante. Quase nada da reforma sobrou, quanto mais dos princípios bíblicos proclamados por ela.

Um dos slogans da reforma é Eclesia Reformata et Semper Reformanda Est" , que quer dizer “a igreja é reformada e está sempre em reforma”. Com efeito, tendo em vista que datas comemorativas devem sempre nos gerar um espírito de reflexão, fica aí a sugestão de se repensar os rumos que o seguimento evangélico brasileiro – dito filho da reforma protestante – está seguindo.

Particularmente, entendo que a Igreja de nosso Senhor Jesus Cristo não é uma Igreja de reformas ou remendos, mas muito mais do que isso: é a Igreja do novo nascimento! E mais: no tempo em que vivemos não há mais espaço para reformas e reconstruções. A multiplicidade e o espírito pós-moderno não dão espaço para uma ação reformadora que tenha os mesmos alcances da de Lutero e dos reformadores posteriores a ele. Uma vez que nem mesmo no catolicismo há tanta unidade, quanto mais no meio evangélico.

Na realidade, o que se faz necessário é desconstruir a religiosidade maléfica impregnada nos nossos corações e nos corações de nossos irmãos, e isso para que tenhamos a esperança de que em cada canto deste país possa haver avivamentos genuinamente bíblicos, um retorno sincero às bases da fé cristã.

2 comentários:

hapuc disse...

Aqui no Chile nós comemoramos o eb o assento do constitution os 490 anos da reforma. era muito bonito tudo.

O deus blesses a você

Sandra - Luterana com orgulho disse...

Muito da Reforma sobrou. Sabemos de onde viemos e temos orgulho de manter o que foi reformado por Lutero. Talvez, na sua visão limitada, você nao consiga enxergar que há igrejas que se mantém fiéis a Palavra de Deus e aos princípios propagados por Jesus.

Related Posts with Thumbnails