26.1.08

Fim do recesso

Aqueles que aqui sempre passam perceberam que já há algum tempo não há atualizações deste espaço. Isso é verdade. Mas isso se deve a alguns fatos. Logo no primeiro dia do ano, recebi o inesperado convite para ir à praia com a família da minha namorada, convite que aceitei. Estivemos juntos na praia aproximadamente oito dias. Sendo que, retornando à minha cidade, tive que me dedicar aos detalhes dos eventos relativos à minha formatura.

Ao quebrar o jejum de postagens, eu o faço comentando tais fatos pela alegria que me trouxeram. Para que não sabe, minha namorada vive em Cuiabá-MT e eu em Pouso Alegre, Sul de Minas. De forma que poder passar cerca de vinte dias juntos foi um presente maravilho para nossas vidas. Sem contar que não apenas estive com ela todo esse tempo, pude também conhecer a sua família e ela, a minha. Além de que ela também pôde participar da minha formatura e do baile de celebração. Tudo foi muito prazeroso e satisfatório. Tivemos momentos preciosos juntos. Contudo, ela retornou para sua cidade e atividades rotineiras, enquanto eu também devo me dedicar à minha caminhada aqui, isso até que possamos nos encontrar novamente.


O blog

Confesso que minha inspiração e dedicação ao blog já não tem sido as mesmas de quando comecei. E por falar em quando comecei, vale dizer que já faz uns dois anos e poucos meses que estou em atividades blogueiras. Utilizando os recursos do Blogger, posso dizer que há exatos um ano e oito meses tenho exposto minhas idéias aqui, isto é, já são quase dois anos de trabalhos com o Visão Integral.

Mesmo sem muita inspiração e criatividade, pretendo manter este veículo de comunicação. Claro, não vou forçar a barra de jeito maneira, escreverei quando, e somente quando, tiver desejo. Escrever é o tipo de coisa que deve ser feito como a aceitação de uma graça, um privilégio, nunca como uma obrigação perturbadora. Embora, vale dizer, às vezes o impulso que nos traz ao computador se constitui em uma força quase totalmente dominadora e desrespeitadora do nosso poder volitivo, cessando apenas quando colocamos em pauta nossos pensamentos.

2008

Logo, logo, terei muitas motivações para escrever, eu creio. De forma que voltarei aos meus dias de empolgação. Isso porque todo início de ano se constitui em apenas o começo de diversas atividades e planejamentos que repercutirão seriamente na vida humana mais lá na frente.

Só para dar uma de vidente, afirmo que a comunidade blogueira, os comentaristas profissionais e os amadores, os jornais e as mídias televisivas terão material de sobra para trabalhar a respeito de um tema específico: as eleições (não precisa ser vidente para afirmar isso, não é?). Mas dentro deste tema específico, outros temas diversos poderão ser abordados; como, por exemplo, a atuação dos religiosos na política, em especial o comportamento dos evangélicos ante as eleições.

Ousando mais ainda, e continuando a encenar o papel de vidente, escrevam o que eu digo: algumas alas evangélicas se envolverão em corrupções, continuarão a desenvolver os currais eleitorais e o caciquismo (ou coronelismo) evangélico, etc. E isso tudo eu tentarei abordar aqui, assim como outros blogueiros o farão em seus espaços internetianos.

Pois bem, espero poder continuar a verbalizar a minhas idéias na net durante mais um longo período de tempo. Espero também fazer isso de forma agradável e inteligível, de modo que (por graça divina), por uma forma e outra, pessoas possam se beneficiar com o meu pensar.

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails