1.6.08

Sonhos: menores que um caroço de feijão

Por Jacqueline Emerich

Doze tribos indígenas representadas, o casal Suzuki e sua filha Hakani contando seu testemunho, pastores indígenas e mais uma porção de gente que faz parte do Reino: esse foi o contexto no qual Deus cutucou meus sonhos e os dimensionou no meu coração.

Toda vez que participo de algum encontro de cunho missionário fico me perguntando sobre o tamanho dos meus sonhos. Saio dos eventos sentindo que minhas pretensões têm o tamanho de um caroço de feijão.

A pergunta desafiadora que ruminei a noite toda foi: “O que são 80 anos gastos da nossa vida diante da eternidade?” A indagação não poderia ter sido feita senão por um cristão posicionado na linha de frente da Missão.

Na prática evangélica, cantamos em nossas igrejas: “Deus está restaurando os teus sonhos, e a tua visão...” E fico eu aqui a me perguntar que sonhos Deus tem restaurado. Seriam sonhos em sermos curados? Sonhos em ter as economias multiplicadas? Ou sonhamos com a unção?

Críticas à parte quanto às melosidades gospel... A pergunta fica no ar: em que sentindo Deus tem restaurado os nossos sonhos?

O Deus trino formou o homem à sua imagem e semelhança, por isso temos a nossa identidade em Cristo como a de uma comunidade. O Deus criador é uma comunidade, seus filhos também o são. A individualização da fé na atualidade tem nos feito sonhar sozinhos e, conseqüentemente, sonhamos para nós mesmos.

Os sonhos podem ser os mais variados possíveis: a espera de um casamento feliz, a realização profissional, o ingresso do filho na faculdade, a cura de um câncer, a restauração de uma catástrofe financeira. Ilegítimos? Creio que não, pois Deus certamente se preocupa com todas as esferas da nossa vida, mesmo com aquelas que por vezes julgamos secundárias.

Urgentes? Bom, nesse caso é o próprio Jesus que nos leva a refletir um pouco mais sobre nossas prioridades: “Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas” (Mateus 6.33).

Essa busca pelo Reino de Deus pode ser traduzida na árdua missão de levar pessoas ao conhecimento de Cristo, para que tenham suas vidas transformadas pelo poder do evangelho de Jesus. É o que Paulo sugeriu ao tímido Timóteo quando disse que pregasse a palavra a todo instante, quer seja oportuno, quer não (2 Timóteo 4.2).

O testemunho dos missionários que vivem em meio a tribos indígenas, que abandonam seus países de origem para evangelizar povos ainda não alcançados, que enlaçam suas famílias nessas loucuras por amor à causa de Cristo me faz parar e repensar a missão da Igreja.

Sabemos que nem todos os crentes têm o chamado transcultural, mas é certo que todos são chamados para levar as Boas Novas aos perdidos, seja no contexto familiar, na universidade, no meio profissional e em todo e qualquer lugar onde Deus tem nos colocado.

Gastar míseros setenta ou oitenta anos da nossa caminhada em prol do Reino e da propagação do evangelho certamente é irrelevante diante da eternidade. Se quisermos de fato sonhar os sonhos de Deus, precisamos começar pela renovação da nossa mente, expurgando aquilo que é intimista demais, pessoal demais, egoísta demais.

Deus sonha com seu povo. Sonha no contexto de uma comunidade, porque Ele mesmo assim o é. Tenhamos coragem de sonhar os sonhos de Deus e graça para enxergarmos além dos nossos caroços de feijão.

Jacqueline é estudante de Arquitetura na UFMT, membro do grupo da Aliança Bíblica Universitária de Cuiabá-MT e namorada deste blogueiro.

3 comentários:

michelle disse...

oioi hb, que legal seu blog :]
eu fiz um tb, mas não é assim tão elaborado ;\ quem sabe um dia fica assim né? hAUuha

=*

Humberto Ramos disse...

Olá, Michelle! A vida de blogueiro é terapêutica, que bom que você também está nessa.

Até.

Késia Castro disse...

Fico sempre surpresa com que a Jacque escreve... muito bom o texto.. suas reflexões me levam a refletir tb, e me fizera lembrar de sonhos sonhados a tempos atrás que já haviam caido no esquecimento... o que é alguns anos de minha misera vida comparada a eternidade?...
Que possamos aprender a sonhar juntos...
Bjus pro cês!!!

Related Posts with Thumbnails