5.3.09

Mansidão e astúcia

Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto, sede mansos como as pombas e astutos como as serpentes.
Jesus, em Mateus 10.16

É tão surpreendente perceber como Jesus era capaz de absorver coisas e valores aparentemente tão paradoxais e, por meio destes, transmitir sua mensagem.

A mansidão das pombas, por um lado; a astúcia de uma serpente, por outro. Conciliáveis?

Embora pareça complexo, é bem simples. O ensinamento aqui é basicamente: equilíbrio e temperança. Conteúdo sempre presente na mensagem do Evangelho.

Tendo em vista isso, podemos entender o verso como: “sejam mansos, sem ser tolos; e sejam astutos, sem se dar lugar à maldade”.

Mansidão anulando maldade, e astúcia anulando a ingenuidade insensata.

E, em última análise, o Evangelho ensinando a gente a ser gente!

2 comentários:

Lissânder disse...

Fala meu caro! Quanto tempo, hein? E o casório, quando sai? hehehe
Faz uma visita em meu blog. Ele tá de cara nova. Abraço,
Lissânder

Humberto Ramos disse...

Ôpa, rapaz!

Firmeza?! Quanto tempo mesmo, hein? Saudade de ti, meu irmão.

O casamento sai, num sei quando, mas sai... rsrs

Podexá, farei uma visitinha lá, sim!

Related Posts with Thumbnails