26.3.10

Recado aos leitores

Amigos leitores, espero que não tenham desistido de visitar este espaço. Faz tanto tempo que nem eu passo por aqui que não me admiraria caso vocês também já não dessem mais nenhuma espiadinha no blog.

Minha ausência se justifica pela agenda cheia e rotina cansativa, aliadas à minha falta de disciplina e problemas pessoais. Este último fator, os problemas, de fato tem ocupado boa parte de meu tempo e pensamentos.

Estou bem, mas não sem sofrer. Tenho aprendido a viver e tenho crescido diante das provas. Estou empenhado em resolver alguns conflitos internos, dúvidas, pecados e falhas que acabam por esgotar minhas forças e abafar sonhos e projetos antes vívidos em meu coração.

Entre os maiores bens que uma pessoa pode conquistar está a sobriedade, e eu a tenho perseguido. Deus tem me abençoado, me dado forças e me segurado mesmo quando eu nem percebo sua presença. Mas posso notar seus rastros em cada livramento, provisão e motivação gerada em meu coração.

Tenho esboçado algumas idéias, vou postá-las em breve. Já estou com imensa saudade de ter meus textos na net. No mais, a gente vai caminhando firme, ainda que lentamente, pois a jornada é longa e temos muito que aprender. Essa nossa travessia, cheia de dores, problemas e obstáculos só não faz quem decidiu não viver mais.

Tenho optado por viver, e viver em abundância, em Jesus, meu Senhor e Amigo. Espero que você também faça essa opção todos os dias de sua vida.

Graça e paz!

4 comentários:

Hélio disse...

Querido irmão,

Fico feliz ao ver que você termina o seu texto falando da vida abundante. Na minha caminhada cristã, entre todas as alegrias e inevitáveis tristezas, percebi que a vida abundante não se resume a momentos de euforia e felicidade incontida, mas também do contato com a dor e a miséria humana, própria e alheia. Por parodoxal que pareça, também há vida abundante no sofrimento, e por ter percebido no seu texto que você - ainda que inadvertidamente - constatou isso também, então podemos clamar: HÁ ESPERANÇA!
Que Deus o abençoe com abundância de vida, irmão!

Abraço!

Nelson Siqueira disse...

Vivi um momento parecido há pouquíssimo tempo (aliás acho que ainda estou vivendo) e encontro força em gente como você, que tenta viver um relacionamento com o Pai sem rótulos ou fórmulas pré-fabricadas. Seus textos são uma fonte de reflexão e ajudam a ventilar o coração.
Continue por aqui.
Abração,
Nelson

Humberto Ramos disse...

Meus caros Hélio e Nelson,

Fico grato pela visita e também pelas palavras. Sem dúvida são motivadoras e me faz querer continuar.

Graça e paz!

Jacqueline Emerich disse...

Concordo com o Nelson: de fato, seus textos ventilam a alma!

Related Posts with Thumbnails